Sintomas de Dengue

Sintomas de dengue clássica são também semelhantes aos sintomas do Zika Vírus. Sintomas de dengue duram normalmente cerca de 7 a 15 dias.

Tanto no caso da dengue, como na Zika, é importante ir ao médico para que faça o diagnóstico adequado da doença e, receba orientações corretas para o tratamento.

Sintomas de Dengue Saiba que o Mosquito transmissor da dengue é o Aedes Aegypti

Acredita-se que o mosquito Aedes aegypti chegou ao Brasil pelos navios negreiros, uma vez que as primeiras aparições do mosquito se deram no continente africano. No início do século XX, o médico Oswaldo Cruz implantou um programa de combate ao mosquito, visando reduzir os casos de febre amarela. Essa medida chegou a eliminar a dengue no país durante a década de 1950. Segundo o Ministério da Saúde a primeira ocorrência do vírus no país, comprovada laboratorialmente, ocorreu em 1981-1982 em Boa Vista (PR).

No entanto, a dengue voltou a acontecer no Brasil na década de 1980. Atualmente, os quatro tipos de vírus circulam no país, sendo que foram registrados 587,8 mil casos de dengue em 2014, de acordo com o Ministério da Saúde.

Sintomas de Dengue Clássica

Os sintomas da dengue clássica se iniciam de uma hora para, além disso duram entre cinco a sete dias.

A doença costuma surgir entre três e quinze dias após a picada do mosquito transmissor infectado.

Os principais sinais são:
  • Febre alta com início súbito (entre 39º a 40º C);
  • Fortes dores de cabeça, Dor atrás dos olhos, que consequentemente piora com o movimento dos mesmos;
  • Manchas e erupções na pele, pelo corpo todo, normalmente com coceiras;
  • Extremo cansaço;
  • Moleza e dor no corpo;
  • Muitas dores nos ossos e articulações;
  • Náuseas e vômitos;
  • Tontura;
  • Perda de apetite e paladar.

Sintomas de Dengue Hemorrágica

Certamente, os sintomas da dengue hemorrágica são os mesmos da dengue clássica. No entanto a diferença é que, a febre diminui ou cessa após o terceiro ou quarto dia dessa doença. Além disso, surgem hemorragias em função do sangramento de pequenos vasos na pele e nos órgãos internos do corpo. Quando acaba a febre, começam a surgir os sinais de alerta citados abaixo.

  • Dores abdominais fortes e contínuas;
  • Vômitos persistentes;
  • Pele pálida, fria e úmida;
  • Sangramento pelo nariz, boca e gengivas;
  • Manchas vermelhas na pele;
  • Comportamento variando de sonolência à agitação;
  • Confusão mental;
  • Cede excessiva e boca seca;
  • Dificuldade respiratória;
  • Queda da pressão arterial;
  • Pulso rápido;

Entretanto, na dengue hemorrágica, o quadro clínico se agrava rapidamente, apresentando sinais de insuficiência circulatória. Contudo, a baixa circulação sanguínea pode levar uma pessoa a um estado de choque. Mesmo que a maioria dos pacientes com dengue não desenvolvam choque, a presença de certos sinais alertam para esse quadro, veja quais são na listagem abaixo:

  • Dor abdominal persistente e muito forte;
  • Mudança de temperatura do corpo e suor excessivo;
  • Comportamento variando de sonolência à agitação Pulso rápido e fraco;
  • Palidez;
  • Perda de consciência;

Certamente, a síndrome de choque da dengue, quando não tratada corretamente, pode levar à morte em até 24 horas. Em conclusão, estatísticas do Ministério da Saúde apontam que, cerca de 5% das pessoas com dengue hemorrágica morrem.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *